Notícias

Alunos e professores da Escola Sesi Cambona recebem nova ferramenta de educação

Quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Trata-se do Espaço Maker, uma sala ampla, onde estão disponíveis ferramentas digitais e tecnológicas, para que os alunos desenvolvam, na prática, seus projetos

A festa foi barulhenta, consequência da empolgação de centenas de alunos que acompanharam, na manhã desta quarta-feira, 11, a inauguração do Espaço Maker da Escola Sesi Cambona, uma das mais antigas unidades de ensino da Rede Sesi/Senai de Educação. Destinado ao aprendizado prático, tipo por a “mão na massa”, o novo equipamento pedagógico é uma novidade que o Sistema Indústria está implantando em suas unidades.

Trata-se de uma sala ampla, onde estão disponíveis ferramentas digitais e tecnológicas, para que os alunos desenvolvam, na prática, seus projetos. “É um equipamento destinado à criatividade, ao espírito destes jovens que querem criar soluções praticas para a Indústria e a sociedade. É um prazer entregar aos nossos alunos essa ferramenta”, disse o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade. Em breve, ele revelou, será entregue o segundo Espaço Maker, desta vez, na Escola Sesi/Senai do Benedito Bentes.

Para a diretora de Educação e Tecnologia do Sesi/Senai, Cristina Suruagy, os investimentos em novos recursos são um compromisso da Rede Sesi/Senai, que mantém seu olhar voltado para o futuro. “Oferecemos ao trabalhador da Indústria, a seus familiares e à comunidade do entorno de nossas escolas um ensino diferenciado, com destaque em empreendedorismo e criatividade. Nossos alunos aprendem com responsabilidade a buscar respostas”, afirmou ela, destacando a importância da nova ferramenta de ensino adotada nas escolas Sesi/Senai.

Segundo Cristina, além dos alunos, o que é bem natural, os pais também se empolgam com a forma moderna de aprendizado oferecida nas unidades do Sesi/Senai. “Eles percebem a importância dos nossos investimentos nos próprios filhos e nos bons resultados que alcançam em competições. Como não sabemos quais as profissões de amanhã, ensinamos nossos alunos a saber agir diante dos novos desafios. Eles também se tornam mais participativos e proativos no desenvolvimento das tarefas escolares”, completou Cristina.

Brilho nos olhos

Também entusiasta das novidades implantadas, a diretora da Escola Sesi Cambona, Alessandra Damacena, destacou a empolgação dos alunos com o Espaço Maker. “Os olhos deles brilham. É uma empolgação que se reflete também nos pais, que veem seus filhos sendo protagonistas de uma educação moderna”, afirmou ela, demonstrando satisfação com os avanços na escola que administra.

Segundo Alessandra, os bons resultados obtidos pelos alunos da Rede Sesi/Senai em competições e avaliações externas, são a prova de que o Sistema Indústria segue acertando ao tratar a educação como prioridade. “Os alunos respondem a esses investimentos”, disse ela, acrescentando que, se este ano a escola teve uma procura bem maior que a oferta de vagas, para 2020 a situação deve se repetir. De todo modo, acrescentou Alessandra Damacena, a Escola Sesi Cambona já está com matrículas abertas. “Interessados já podem nos procurar”, informou.

Aluno do 3º ano do Ensino Médio, o estudante Jonatha Alves, de 16 anos, falou em nome dos estudantes na festa de inauguração do Espaço Maker. “Primeiro, preciso agradecer ao Sistema Indústria por tratar suas escolas como uma prioridade. Aqui passei por transformações que não teria em outra instituição. Me tornei melhor, me sinto capacitado para me inserir no mercado de trabalho e na sociedade”, afirmou Jonatha.

Mesmo encerrando o ciclo, já que conclui o EM este ano, ele se revelou muito feliz com a nova ferramenta de aprendizado que a Escola Cambona passa a dispor. “Estou saindo, mas outros ficam e outros chegam pra aproveitar tudo isso”, disse ainda.

Investimentos

Além de construir o Espaço Maker, para estimular o desenvolvimento de competências ligadas à inovação entre seus estudantes, a Escola Sesi Cambona alinhou o Currículo de Cultura de Inovação (CCI) à Base Nacional Comum Curricular(BNCC), investindo em materiais didáticos e formação de educadores.

A entrega oficial na Escola Cambona teve um esquete onde os atores Gedilson de Paula e Igor Vasconcelos, fizeram uma comparação entre os laboratórios do passado e o moderno Espaço Maker, divertindo alunos, professores e dirigentes do Sistema Indústria.

Compartilhe: