Notícias

Após conquista nos EUA, alunos do Sesi se emocionam com homenagem

Quarta-feira, 23 de maio de 2018

Estudantes foram recebidos calorosamente na Escola Cambona

Foi uma recepção à altura da conquista, inédita na região Nordeste do País. Na manhã desta quarta-feira, 23, os heróis da equipe Robocamb foram surpreendidos pelo calor dos colegas do colégio e da equipe pedagógica da Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes (Cambona).

Eles chegaram a Maceió na tarde dessa terça-feira, 22, após conquistarem medalha de bronze na categoria Core Values durante torneio internacional de robótica na cidade de Fayetteville, no Estado do Arkansas, nos Estados Unidos. Esta etapa avalia o desenvolvimento social e cooperativo dos alunos.

Além do troféu e das medalhas, os alunos tiveram a chance de conhecer um país diferente, com cultura diferente, e de ampliar o aprendizado. “Principalmente porque eu não tenho muita experiência com o Inglês. A equipe Robocamb fala o Inglês, mas eu falo, no máximo, Japonês. Então, o contato com as outras equipes foi difícil, mas não impossível”, disse Ana Julia Monteiro de Carvalho, 14, do 9º ano.

Leonardo Rafael, 14 anos, do 1º ano do ensino médio, ficou surpreso com a comoção gerada pela chegada à escola nesta manhã. “A gente não esperava a surpresa, mas a gente esperava conquistar um prêmio. Essa recepção foi maravilhosa porque o Sesi está proporcionando vários percursos para a gente, novos caminhos, e a gente já está trilhando”, disse.

O prêmio internacional deixou a equipe Sesi muito feliz. “O mérito é todo deles, eles se empenharam de verdade. Passaram as férias todas treinando. Venceram na etapa regional, venceram na etapa nacional e puderam desfrutar dessa maravilha que foi vivenciar essa experiência de ir para uma etapa internacional. E ainda nos trouxeram um prêmio”, destaca a gerente executiva de Educação do Sesi/Senai, Clarisse Araújo.

“Os meninos fizeram bonito lá nos Estados Unidos, competindo com os melhores do mundo, e trouxeram o terceiro lugar, que é emocionante pra cada um de nós. Não foi nenhuma surpresa. Eles foram para lá capacitados, instigados, motivados, muito preparados pra o que ia acontecer”, afirmou a diretora da escola, Alessandra Damacena.

Compartilhe: