Notícias

Com excelência na gestão, Sesi/AL é ouro no Prêmio Estadual da Qualidade

Quinta-feira, 30 de novembro de 2017

A láurea é concedida pelo Movimento Alagoas Competitiva (MAC) às organizações de todos os portes, públicas ou privadas, que se destacam na adoção de práticas de gestão alinhadas aos Fundamentos da Excelência da Fundação Nacional da Qualidade

O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a única instituição alagoana reconhecida na Categoria Ouro da modalidade Rumo à Excelência, na edição 2017 do Prêmio Estadual da Qualidade. A entrega do prêmio ocorreu durante solenidade festiva promovida nessa quarta-feira, 29, na casa de eventos Pierre Chalita, no bairro de Jaraguá.

A láurea é concedida pelo Movimento Alagoas Competitiva (MAC) às organizações de todos os portes, públicas ou privadas, que se destacam na adoção de práticas de gestão alinhadas aos Fundamentos da Excelência da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José da Silva Nogueira Filho, que representou o presidente José Carlos Lyra de Andrade na solenidade, ressaltou que o prêmio vem coroar todo o trabalho em equipe que o SESI vem fazendo. “Isso demonstra que somos profissionais, que o Sesi atende a todos os trabalhadores da Indústria e à sociedade com alto nível”, disse.

O Modelo de Excelência em Gestão (MEG) preconizado pela FNQ visa estimular e apoiar as organizações brasileiras no desenvolvimento e na evolução de sua gestão para que se tornem sustentáveis, cooperativas e gerem valor para a sociedade e outras partes interessadas.

O MEG foi adotado pelo Sesi Alagoas em 2009, diante da importância de manter seu modelo de gestão em evolução permanente. A partir de 2010, a entidade iniciou sua participação do Prêmio Estadual da Qualidade. Nesses anos, percebe-se uma grande evolução da instituição e do seu nível de maturidade de gestão.

O superintendente executivo do Sesi/AL, Carlos Aberto Pacheco Paes, destaca que a premiação reconhece toda uma proposta nova de atuação da entidade e atribui esse resultado ao empenho dos colaboradores. “Nos enche de orgulho ter uma equipe focada, determinada, extremamente comprometida e competente. É o grande ápice de nosso trabalho”, disse ele, ao anunciar que o Sesi pretende, cada vez mais, reforçar o sistema de gestão, “que é a base de sustentação deste resultado”.

Em 2010, por exemplo, o Sesi conquistou 177,2 pontos na categoria até 250 pontos e, no ano seguinte, foram 282,5 pontos (bronze), na categoria até 500 pontos. Em 2012, ganhou 382 pontos (prata) na mesma modalidade. Já em 2017, o Serviço Social da Indústria alcançou a formidável marca de 449,7 pontos (ouro), também na categoria 500 pontos.

“Para atingir essa evolução, o Sesi/AL teve um grande envolvimento e motivação da sua liderança, e das pessoas que integram as equipes de negócios e apoio, em prol da melhoria dos processos das instituição, bem como da incorporação de novas tecnologias”, explica Nathália Romaguera, gerente executiva de Planejamento, Orçamento e Gestão Estratégica.

Segundo ela, a avaliação apontou, como destaque, que o Sesi/AL possui uma gestão consolidada, enxuta e bem estruturada, com processos bem definidos e automatizados. “A cultura organizacional é internalizada pelas pessoas e existe uma busca constante por aperfeiçoamento. A instituição é referência em aspectos como Planejamento Estratégico, Gestão da Informação e Conhecimento e Gestão de Pessoas”, comemora Nathália.

Compartilhe: