Notícias

Equipe da Escola Sesi/Cambona conquista prêmio em torneio nos Estados Unidos

Segunda-feira, 21 de maio de 2018

A equipe Robocamb, da Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes (Cambona), conquistou medalha de bronze, na categoria Core Values, durante torneio internacional de robótica promovido na cidade de Fayetteville

A equipe Robocamb, da Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes (Cambona), conquistou medalha de bronze, na categoria Core Values, durante torneio internacional de robótica promovido na cidade de Fayetteville, no Estado do Arkansas, nos Estados Unidos.

O resultado foi alcançado na tarde desse domingo, 20 de maio. O prêmio Core Values diz respeito ao trabalho em equipe, ao aprendizado colaborativo, ao espírito de competição amigável, a cooperar com os outros times e a dar mais valor ao que se aprende do que à vitória.

“É um prêmio que devemos ter muito orgulho de levar para Alagoas, pela categoria Core Values ter sido criada aqui nos Estados Unidos (pela organização First) e por ser algo inédito para o nosso Estado. O Brasil também deve ter muito orgulho de nossos alunos”, destacou o professor de Robótica da Rede Sesi, Eduardo Monteiro.

Diversão, aprendizagem e desenvolvimento de habilidades. É assim que a estudante Joyce Sapucaia, do 1° ano do ensino médio da Escola Sesi Cambona, resume os quatro dias do Torneio First Lego League, que teve início na última quinta-feira, 17.

“Para todos os componentes da equipe a experiência foi considerada de grande importância para o crescimento interpessoal e cognitivo. Podemos afirmar que o trabalho foi cumprido! Afinal, conseguimos representar nosso Estado e país, levando conosco uma premiação em 3º lugar na área do Core Values e mostrando que, de fato, somos profissionais graciosos”, afirmou.

O evento, que aconteceu na University of Arkansas, teve a participação de 72 equipes de vários países. A competição, com o tema “Água”, também inspira os jovens a aprender mais sobre áreas do conhecimento como engenharia e tecnologia, além de ser uma grande experiência pessoal.

“Como sempre o torneio nos surpreende, as ideias e conceitos sobre culturas que tínhamos sempre mudam ao vermos o que nos aguarda. Através dessa etapa, podemos ver o quão importante é conhecer e buscar o conhecimento e, por isso, eu agradeço todos os dias, pois se não estivesse aqui não teria toda a experiência que aqui criei”, destacou Felipe Pontes, do 2° ano do ensino médio da Escola Sesi.

Compartilhe: