Notícias

Sesi e Sinduscon firmam convênio para trabalhador conquistar ensino médio

Quarta-feira, 07 de novembro de 2018

Equipe do Sesi explicou aos gestores de RH das construtoras como funciona a nova metodologia da EJA

Em curto tempo e com um pouquinho de esforço, trabalhadores da construção poderão elevar sua escolaridade e mudar de vida. Um convênio firmado entre o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Sindicato da Indústria da Construção de Alagoas (Sinduscon/AL) garante aos colaboradores das empresas filiadas ao sindicato patronal, vagas na primeira turma Nova EJA, para o ensino médio.

A novidade foi apresentada na manhã desta quarta-feira, 7, aos gestores de recursos humanos das construtoras, na sede do sindicato, no bairro do Farol. Foi um momento, também, para tirar dúvidas sobre a turma, pioneira no Estado, cuja aula inaugural está prevista para o próximo dia 12.

“Esta parceria entre o Sesi e o Sinduscon é uma contribuição especial para os associados ao sindicato e uma oportunidade de estreitar relacionamentos. O Sesi e o Senai, hoje, oferecem mais serviços, e mais eficientes, para a indústria”, ressaltou o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José da Silva Nogueira Filho, na abertura da reunião.

A nova metodologia da EJA inova ao considerar os conhecimentos formais e não formais dos alunos, ou seja, promove o reconhecimento de saberes, que é uma forma de combater a evasão e ampliar o aprendizado com a experiência de vida dos alunos. Quem explicou foi a gerente de Educação do Sesi e do Senai, Clarisse Araújo.

“80% das aulas são à distância e 20% presenciais, por meio de oficinas nas nossas escolas. Todo material didático está disponível na internet e existe flexibilidade de horários. Em 12 meses, o trabalhador estará com seu ensino médio concluído”, detalhou. A nova metodologia da EJA do Sesi é totalmente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Nas empresas que já trabalham a educação do trabalhador, todos saem ganhando. Há canteiros da construtora Telesil onde o índice de absenteísmo caiu quase 100% após a implantação da Educação de Jovens e Adultos, confirmou Pauline Tavares, que trabalha no RH da empresa. Eles já se mobilizaram e 26 colaboradores já estão inscritos na nova turma iniciada em parceria com o Sesi.

O Serviço Social da Indústria também tem uma equipe para mobilizar os trabalhadores, de maneira lúdica, disse a gerente comercial do Sesi e do Senai, Mônica Vieira, que fez uma apresentação sobre o portfólio de serviços das entidades para atender à indústria.

Compartilhe: