Notícias

Sesi promove workshop sobre ergonomia na era do eSocial

Sexta-feira, 22 de março de 2019

Na plateia, profissionais de RH, técnicos de segurança, contadores e fisioterapeutas que atuam em empresas de diversos segmentos tiraram dúvidas sobre o assunto

O tema é atual e ainda gera muitas dúvidas nas empresas, mas, muitas delas foram sanadas nessa quinta-feira, 21, durante o workshop “Ergonomia na era do eSocial”, promovido pelo Serviço Social da Indústria (Sesi/AL), no Hotel Jatiúca, orla de Maceió. Na plateia, profissionais de RH, técnicos de segurança, contadores e fisioterapeutas que atuam em empresas de diversos segmentos.

Alana Barros, coordenadora de unidade Sesi/Gruta, explica que o tema é novo, por isso, é importante estreitar o relacionamento com estes profissionais. “Eles não vieram somente para aprender, mas para contribuir, para nos ajudar a customizar o serviço para eles, para necessidade deles”, destacou.

Durante o dia, a questão da ergonomia nas empresas diante do eSocial foi abordada com momentos práticos, lúdicos, além de palestra com o engenheiro de Segurança e Saúde no Trabalho do Sesi/AL, Alexandre Calzado, e a gerente do Centro de Inovação em Ergonomia do Sesi – que fica em Belo Horizonte –, Carla Sirqueira.  

No workshop, o Sesi identificou as principais necessidades das empresas. Com as informações, será possível ofertar os melhores serviços nesta área. “A gente está desenvolvendo muitos projetos voltados para uma gestão, realmente, de ergonomia. As análises ergonômicas estão sendo reformuladas para atender ao cliente com a realidade do eSocial”, disse a engenheira de Segurança do Trabalho com Ergonomia, Aline Lou.

A engenheira de Meio Ambiente e Segurança no Trabalho da Algás, Roberta Rolemberg, ressalta que a empresa já desenvolve diversas ações com o apoio do Sesi e que “essa parceria contribui para todo mundo crescer”. O workshop, frisa ela, foi muito positivo.

“As informações que recebemos hoje fazem parte de um rol de muitas dúvidas que a gente tinha. Não só a minha empresa, mas também todas as outras. A gente vê que as dificuldades que todo mundo está enfrentando são bem parecidas e, mais uma vez, o Sesi, pioneiro, vem aí para mostrar, dar uma luz para a gente nessas informações”.

Um dos objetivos de sua palestra, revelou Carla Sirqueira, foi desmistificar o conceito de que inovar – o que é importante para combater os riscos ergonômicos – é difícil.

“A gente vai trazer a inovação como pequenos itens no seu processo produtivo no qual a empresa terá grandes melhorias na sua produtividade e competitividade. A nossa razão de ser é ser essencial para a indústria. O fato de estar aqui, hoje, nesse evento, é para ouvir da indústria o que ela precisa e, a partir da necessidade dela, o Sesi customizar o que ela precisar. Porque esse é o nosso papel”, concluiu.

Compartilhe: